Grávida, Katy Perry conta como superou a depressão

Katy Perry conta como superou a depressão

FOTO: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

Katy Perry revelou que temeu que “não viveria para ver 2018 ” depois de atingir o fundo do poço após uma batalha contra a depressão. A cantora, 35 anos, sofria de problemas de saúde mental durante sua turnê Witness após a fraca recepção comercial e crítica de seu quinto álbum de estúdio em 2017.

Refletindo sobre o uso de medicamentos para superar alguns de seus problemas, Katy, que aguarda a chegada de seu primeiro filho com o noivo Orlando Bloom, disse em uma nova entrevista: ‘Foi como se eu tivesse torcido o cérebro e precisava de muletas’.

Ela está em terapia desde os 25 anos, mas seu encontro mais recente com a depressão foi mais difícil do que qualquer coisa que ela havia experimentado anteriormente.

Ela disse ao Sunday Times: ‘Fiquei muito deprimida clinicamente. Eu sempre fui capaz de contornar o problema. Meu psicólogo na época recomendou um remédio. Isso muda a química da sua mente. Às vezes as pessoas precisam de uma muleta farmacêutica.”

‘Eu tive que fazer a escolha [de me mudar] depois de chegar ao fundo do poço. Não tive escolha senão seguir essa jornada emocional, espiritual, psicológica ou provavelmente não viveria para ver 2018 … Tentei medicação e isso foi realmente intenso.”

“Passei pela jornada, agora estou curtindo o passeio. Não sou mais uma estrela pop sedenta e desesperada que precisa atingir determinados números para se sentir digna.”

Katy não usa mais medicamentos e é fã da meditação e do Processo Hoffman, que é considerado um tratamento eficaz para depressão, raiva e ansiedade e liberando emoções negativas usando a análise freudiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP