CRB e CSA apostam na junção de experiência e juventude para temporada 2020

SA e CRB montaram elencos para a temporada de 2019, mas não conseguiram atingir seus objetivos: se manter na Série A do Campeonato Brasileiro e subir para a primeira divisão da maior competição nacional, respectivamente. Ambas equipes fizeram muitas contratações, que, inclusive, foram duramente criticadas por seus torcedores.

No próximo ano, Azulão e Galo irão disputar a Segunda do Brasileirão e, com o início da pré-temporada batendo na porta, a montagem do elenco com contratações e renovações já está a todo vapor.

Azul e Branco

O CSA terminou o ano com um rebaixamento, mas as recebidas na passagem pela Série A estão sendo bem usadas com a contratação de novos jogadores, inclusive alguns conhecidos nacionalmente, como é o caso do atacante Rodrigo Pimpão.

Rodrigo Pimpão, de 32 anos, aumenta a média de idade no ataque azulino

FOTO: DANIEL VORLEY/AGIF

Em 2019, contabilizando todos 63 atletas, entre reforços, manutenção e base, que vestiram a camisa do clube marujo, até mesmo aqueles que não entraram em campo, a média de idade dos jogadores foi de 26,5. Contudo, durante a primeira divisão do Brasileiro, essa média chegou a passar a casa dos 31 anos, o que é considerado alto para a competição.

O Superintendente de Futebol do CSA, Fabiano Melo, afirmou que, para essa temporada, a diretoria da equipe trabalha com a média de 26 a 28 anos. Até o momento, a média do elenco atualé de 27,4. “Principalmente para uma Série B, que é muito dinâmica e tem atletas muito jovens, nós precisamos saber casar experiência com juventude”.

O elenco atual tem 21 jogadores e conta com essa mescla já estabelecida previamente pelo departamento de futebol. O setor defensivo conta com uma maior média de idade, enquanto meio-campo e ataque está recheado de jovens atletas.

Fabiano Melo diz que clube marujo aposta na mescla de atletas jovens e experientes

FOTO: AUGUSTO OLIVEIRA/ASCOM CSA

CSA em 2019: 26,5

Luciano Castán (30), Dawhan (23), Apodi (33), Didira (32), Carlinhos (32), João Carlos (31), Jordi (26), Alan Costa (29), Gerson (27), Matheus Sávio (22), Jonathan Gómez (30), Naldo (29), Patrick Fabiano (32), Celsinho (31), Jean Kléber (29), Ricardo Bueno (32), Rafinha (32), Victor Paraíba (21), João Vitor (31), Alecsandro (38), Héctor Bustamante (24), Cassiano (30), Euller (24), Warley (20), Ronaldo Alves (30), Nilton (32), Bruno Alves (27), Andrés Escobar (28), Maranhão (29), Mauro Silva (25), Robinho (24), Jhon Cley (25), Régis Souza (30), Madson (33), Bruno Ramires (25), Lohan (24), Alisson Safira (24), Amaral (31), Pedro Rosa (29), Hiago (28), Gersinho (20), Jarro Pedroso (26), Rony (22), Pablo Armero (33), Joazi (23), Fabrício (33), Lucas Dias (24), Leandro Souza (33), Ramon (21), Rodolfo Gamarra (31), Matheus Prado (19), Alexsandro (22), Lucca Motta (21), Jhonnatan (27), Cristian Maidana (32), Vital (20), Gabriel0 (18), Thiaguinho (21), Alexandre Cajuru (27), Elly (21), Lucas Rafael (21), Julián Benítez (32) e João Victor (20).

Elenco atual: 27,4

Caíque Santos (22), Bruno Grassi (32), Thiago Rodrigues (31), Cajuru (27), Rafinha (32), Diogo Renan (29), Norberto (29), Alan Costa (29), Luciano Castán (30), Leandro Souza (33), Lucas Dias (24), Jean Kléber (29), Luan (22), Nadson (30), Vitor Paraíba (21), Renatinho (27), Alecsandro (38), Rafael Bilú (20), Matheus Prado (19), Rodrigo Pimpão (32) e Bruno José (21).

Vermelho e Branco

Assim como no ano passado, o CRB está montado seu plantel com um objetivo: o acesso à Série A do Brasileirão. O sonho foi adiado por ter esbarrado na dificuldade de manter no Estádio Rei Pelé o bom rendimento que tinha fora de casa, mas, para esse ano, a meta continua sendo a mesma.

Léo Gamalho, de 33 anos, é o mais velho do plantel regatiano

FOTO: GUILHERME HAHN / CARVOEIRO DOE

Nesse ano, 57 jogadores fizeram parte do elenco total do Galo, que teve uma média de 26,5. Neste ano, a média continua na mesma casa. Mas, ainda vem novidades. Mais três ou quatro nomes ainda devem ser anunciados, além de, no máximo, cinco atletas da base que devem subir para a categoria principal.

O Diretor do departamento de futebol, Rodrigo Freire, destacou que a idade de atletas já é quesito estudado e planejado. “Temos uma meta de, no máximo, 27 anos de idade. Também pensando nos três ou quatro jogadores mais experientes que temos no elenco”.

O Galo tem 16 nomes confirmados para 2020 e com quatro jogadores com 30 anos ou mais. Nas contratações feitas para a próxima temporada, apenas o centroavante Léo Gamalho está nessa lista, já que tem 33 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP