Advogado diz que Ronaldinho está chocado e não é perito em documentos

O advogado paraguaio Adolfo Marín, contratado por Ronaldinho Gaúcho, 39, que está sob investigação em Assunção por suspeita de usar documentos adulterados, disse que o brasileiro está chocado e disposto a colaborar com as autoridades.

As declarações foram concedidas ao jornal ABC Color na manhã desta quinta-feira (5), antes do início de uma audiência do caso.

“O Ronaldinho está chocado e ainda não entende o que aconteceu”, disse Marín ao ABC Color.

Marín afirmou que Ronaldinho poderia ter entrado no país sem nenhum problema com sua carteira de identidade (por causa de acordo entre países do Mercosul) ou mesmo passaporte, que recuperou após acordo com a Justiça em setembro do ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP