Sete casos de violência doméstica são registrados em menos de um dia

Sete prisões por violência doméstica foram registradas em delegacias alagoanas, sendo cinco casos em Maceió, um em Rio Largo e um em Arapiraca, em menos de 24 horas. Como houve o flagrante, os suspeitos seguem reclusos nas unidades de polícia. As vítimas confirmaram as agressões e fizeram a denúncia.

Em um dos casos, os agentes abordaram Jhonata Guthiery Cordeiro Lima, 28 anos, no bairro Jacintinho. O suspeito negou o ataque contra a companheira e tentou agredir os PMs. Ele acabou autuado por desacato e ameaça com base na Lei Maria da Penha.

Já Fábio Junior Lima da Silva, 36 anos, e Ricardo José da Silva, 32 anos foram detidos em Barro Duro e em Benedito Bentes, respectivamente. O primeiro agrediu a ex-mulher, enquanto o segundo feriu a esposa no braço. Dentro da residência de Ricardo, a polícia encontrou diversos objetos quebrados.

Outra prisão aconteceu no município de Rio Largo, na Região Metropolitana de Maceió. Rogério dos Santos Gouveia, 22 anos, provocou lesões em várias partes do corpo da vítima, sua esposa. Fábio Junior, Ricardo e Rogério foram autuados por lesão corporal.

Em Arapiraca, numa região conhecida como Mangabeira do Lixão, na zona rural, a vítima disse para a polícia que foi agredida pelo próprio companheiro. Os dois foram levados para a Central de Polícia, onde o suspeito foi autuado por lesão corporal.

Em contato com a reportagem, a delegada Talita de Aquino confirmou mais dois casos em Maceió, porém não informou detalhes. A delegada também contou que solicitou medida protetiva à Justiça para as vítimas, e aguarda a resposta do Poder Judiciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP