“Se há uma pedra no caminho é imperioso removê-la”, diz senador

Numa clara referência ao comportamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a crise do novo coronavírus no Brasil, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), disparou no Twitter: “esperar racionalidade de insensatos é o pior desatino”.

Para o senador “se há uma pedra no caminho é imperioso removê-la antes que o mal maior não possa ser atalhado”.

Renan Calheiros defende a cooperação como forma de enfrentar a crise, não só na saúde, mas também na economia. “ É hora de cooperação e de ouvir a sociedade sobre a crise dentro da crise”, tuitou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP