Rui e Renan Filho se reúnem para traçar ações para bairros afetados pela Braskem

Ainda nesta semana, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), e o governador Renan Filho (MDB) podem se encontrar e sentar para discutir estratégias ligadas à evacuação programada ou emergencial dos bairros do Pinheiro, Bebedouro e Mutange, afetados, segundo laudo da CPRM, pela exploração da sal-gema pela Braskem. O encontro só depende da agenda de ambos, conforme apurou a Gazetaweb, e vai ocorrer após a carta que o prefeito enviou ao governador.

Por meio de uma carta, no final do mês de maio, Rui Palmeira apontou que, após o relatório da CPRM, “não há dúvidas quanto à necessidade de atuação imediata e coordenada dos órgãos públicos nos mais diferentes níveis federativos para resguardar moradores, bens e instalações da região”. A reunião de trabalho entre o prefeito e governador deve ocorrer sem a presença da mídia, em campo neutro para traçar a estratégia e logística necessária para garantir a retirada dos moradores.

Mesmo tendo sido adversários nas duas últimas eleições e ampliado a distância política um do outro nos últimos meses, os dois gestores vão deixar as diferenças partidárias de lado, em especial depois do reconhecimento do decreto de emergência por parte do Governo Federal sobre a situação do Pinheiro. Na mesa,  estará o novo mapa com as áreas mais críticas dos três bairros e a oferta de ajuda federal, os reparos que vêm sendo feitos pela Braskem e a interdição de novos imóveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP