Nova ‘fusão’ entre Gabigol e Pedro dá liga às vésperas de final continental

ãs de “Dragon Ball”, Bruno Henrique e Gabigol trouxeram novamente à tona a fusão do anime em comemorações. Agora, sem o primeiro, o camisa 9 vê a nova parceria com Pedro dar liga e prometer uma outra combinação de sucesso. Ou seja, nada de “sombra”.

Contra o Boavista, no último sábado, Pedro e Gabigol fizeram com que a primeira trama entre ambos resultasse em golaço. E não foi qualquer bola na rede; foi a que culminou no título da Taça Guanabara, em vitória por 2 a 1, no Maracanã. Gabriel Barbosa marcou após lindo passe de calcanhar de Pedro.

E a tendência é que os dois “avançados” sigam juntos entre os titulares, já que Bruno Henrique, em recuperação de lesão no joelho, deve desfalcar o time nesta quarta-feira, quando o Fla receberá o Independiente Del Valle, pela finalíssima da Recopa Sul-Americana, no Rio.

Até lá, Jorge Jesus terá mais duas sessões de treino para continuar moldando Pedro e o adequando em sua filosofia de jogo.

– O Pedro é importante, tem umas características que perto da grande área são muito positivas para o Flamengo. De pouco em pouco vai dando passos à frente da sua forma, vamos mudar a sua forma de jogar.

– Tenho um estilo de jogo que não podemos mudar tanto. Pedro foi habituado a jogar de costas para a baliza, e avançado que joga muito assim não dá muita dinâmica à equipe, que é aquilo que nós queremos – completou o Mister, em entrevista coletiva concedida após o título do turno do Carioca.

No Fluminense, Pedro atuava mais como referência, posicionado para ser o pivô. No Flamengo, ao lado de Gabigol, que flutua com mais frequência, o atacante emprestado pela Fiorentina ainda viu Jesus comparar cenários:

– O Bruno Henrique e o Gabriel se conhecem desde o Santos. O Pedro ainda está chegando, está conhecendo o Gabi. Mas são jogadores com características diferentes. Bruno Henrique se completa muito melhor com o Gabi.

FALA, PEDRO!

Para diminuir a “diferença” da parceria Gabigol-Bruno Henrique e ganhar mais pontos internamente, Pedro terá uma ótima oportunidade, a partir das 21h30 desta quarta-feira, diante do Del Valle, valendo o que seria o primeiro título continental do Flamengo no Maracanã.

O camisa 21 falou sobre o ótimo início no Fla e, por fim, brincou se cobraria um rodízio de Gabigol pela assistência.

– Gratificante esse início que estou tendo, a equipe também indo bem. Está só no começo, vamos nos entrosamento no decorrer dos treinamentos, mas já está dando para ver a cara do time. Vamos brigar por todas as competições, com muita humildade – falou Pedro, titular pela primeira vez no Flamengo.

OS NÚMEROS DE GABIGOL E PEDRO EM 2020

Gabigol – 5 gols e 2 assistências (58 minutos)

Pedro – 3 gols e 2 assistências (450 minutos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP