Mozart confirma volta de Paulo Sérgio e a entrada de Lucas Dias contra o Cuiabá

Mozart confirma volta de Paulo Sérgio e a entrada de Lucas Dias contra o Cuiabá

FOTO: AILTON CRUZ

Na manhã desta quinta (19), após o último treinamento em Maceió antes do embarque para Cuiabá, o técnico do CSA, Mozart Santos, concedeu entrevista coletiva. Nela, Mozart comemorou o fato de ter tido um bom tempo de preparação antes da partida, algo raro no futebol brasileiro em época de pandemia.

“É a primeira vez que tive um tempo de preparação longo. Usei uns dias para recuperar alguns atletas, principalmente os que vinham jogando mais. Usei esse período para reforçar o que vínhamos fazendo de bom, corrigir algumas coisas que não estávamos fazendo tão bem. Treinar alguns jogadores que vinham sendo pouco utilizados. Espero que dê resultado no sábado”, afirmou.

Capitão da equipe, o zagueiro Luciano Castán está suspenso após receber o terceiro amarelo contra a Chapecoense. Mozart não fez mistério e afirmou que o jovem Lucas Dias será o substituto, por ter características parecidas com as do capitão.

“Optei pelo Lucas (Dias). Ele vinha entrando nos jogos. O Leandro é um jogador experiente, importante para nós, mas eu optei pelo Lucas, até por uma questão de características similares com o Castán”, revelou Mozart.

Apesar da baixa na zaga, o CSA tem boas notícias no ataque. Artilheiro do time na Série B e um dos artilheiros do Brasil em 2020, o atacante Paulo Sérgio se recuperou de lesão e irá para o jogo.

“Ele (Paulo Sérgio) treinou a semana inteira e vai iniciar o jogo. Está apto para o jogo, não sentiu nenhum desconforto. É ele quem vai começar jogando”, disse.

Paulo foi muito elogiado pelo comandante, que disse que sua volta ao time será natural e destacou seu jogo fora da área.

“O retorno do Paulo é importante para nós, é o artilheiro da equipe. Ele participa da manobra também, das conexões ofensivas. Ele é um centroavante que sai bem da área, que tem capacidade técnica para isso. A volta dele é de uma forma natural, voltando de lesão. Espero que ele volta da melhor maneira possível e que contribua para nossa arrancada no segundo turno”, elogiou.

Sobre o Cuiabá, próximo adversário, Mozart afirmou que seu estilo de jogo é parecido com o que o Paraná praticava quando era comandado por Allan Aal. Mozart destacou que o CSA deve tentar impor seu ritmo para voltar a Maceió com os três pontos.

“Eles enfrentaram na Copa do Brasil um dos melhores times do país. Tem jogadores muito refinados, é um jogo atípico, à parte. A maneira que o Cuiabá joga é parecida, mas não igual, ao que o Paraná fazia também. Vamos enfrentar uma equipe para frente no campeonato, um confronto direto. Então temos que ir para lá com um espírito de decisão e impor nosso ritmo. Espero que a gente conquiste o resultado, porque só desempenho não é o suficiente”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP