Criança alagoana é obrigada a desembarcar de voo por causa de doença de pele

Uma enfermeira relatou nas redes sociais uma situação constrangedora que uma criança de dois anos de idade de Girau do Ponciano, interior de Alagoas, sofreu durante um voo da companhia aérea Gol no último dia 26, do Aeroporto Santa Maria, em Aracaju, com destino a São Paulo.

A enfermeira conta que a criança, que estava acompanhada dos pais, foi obrigada a desembarcar da aeronave por ter uma doença de pele chamada ictiose, condição dermatológica genética que resulta em uma pele extremamente seca, mas que não é contagiosa.

De acordo com o relato da enfermeira, os comissários e o comandante disseram que a criança teria que desembarcar porque de acordo as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a criança apresentava uma doença contagiosa, mesmo depois de os pais e a profissional de saúde informarem que não era o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP