Acerto de contas teria motivado morte de mulher em Branquinha, diz polícia

O delegado Sidney Tenório informou, nesta terça-feira (7), que um acerto de contas teria sido o motivo da morte de Maria Silvania dos Santos Silva, de 36 anos, no município de Branquinha, na Zona da Mata alagoana. A mulher foi atingida por disparos de arma de fogo enquanto se preparava para jantar com a família – o companheiro e o filho adolescente -, na noite dessa segunda-feira (6).

Conforme o delegado, a vítima era problemática, além de ter um envolvimento com o tráfico de drogas na região onde residia.

“Ouvimos algumas testemunhas do crime e todas confirmaram que Maria era complicada e que fazia uso de drogas. No entanto, acreditamos que a morte dela não tenha sido por esse motivo e, sim, por questões pessoais. Trabalhamos com a hipótese de um acerto de contas, onde um empréstimo teria sido o real causador disso tudo”, expôs.

Ainda segundo Tenório, as investigações do caso estão no início e, por isso, ainda não pode confirmar se o empréstimo feito pela vítima teria sido usado para a compra de entorpecentes. Ele adiantou, ainda, que dois suspeitos já foram interrogados e negaram qualquer envolvimento no crime.

As investigações, no entanto, devem continuar nesta quarta-feira (8). “Estamos analisando o caso com cautela e, no prazo de trinta dias, esperamos estar com o relatório concluído”, destacou o delegado.

O caso

Maria Silvania dos Santos Silva, de 36 anos, foi assassinada a tiros, no começo da noite dessa segunda-feira (6), no município de Branquinha, na Zona da Mata ala

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP